Vídeo publicado em 11/04/2019 • Justiça

Policial acusado de matar três pessoas em Porto Velho tem habeas corpus negado pelo TJ-RO

 

 

O policial militar acusado de matar três pessoas e balear outras três durante uma briga em um bar na Zona Leste de Porto Velho, em janeiro de 2019, teve o pedido de habeas corpusnegado pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO).

Durante o julgamento do habeas corpus, a defesa argumentou que Josevânio da Silva Oliveira agiu em legítima defesa. No entanto, o relator do processo alegou que quando a prisão em flagrante foi convertida em preventiva, já estavam preenchidos os requisitos para tal, inclusive a necessidade de garantia da ordem pública.

O TJ-RO ainda informou que o policial já teve outros dois pedidos de liberdade provisória negados. Em um caso, o pedido foi negado porque foi entendido que o réu solto seria perigoso para a sociedade. No segundo caso, o pedido foi negado devido a má conduta atribuída ao réu.

G1 não conseguiu localizar a defesa do acusado até a publicação desta matéria.

 

Relembre o caso

 

De acordo com o registro da ocorrência, testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que durante uma confusão no local, o acusado sacou uma arma e atirou em várias pessoas. Um cunhado do policial informou que o homem estaria sendo agredido, e teria realizado os disparos para se defender.

 

 

Fonte: G1 RO

Outras Fotos

VEJA TAMBÉM

Você também pode se interessar por esses vídeos relacionados

 

02/07/2019 • Justiça

Defesa de Lula pede suspeição de procurador do caso do sítio...

02/07/2019 • Justiça

Raquel é contra pedido de Lula para suspender ação da Odebre...

29/06/2019 • Justiça

Prisão domiciliar do senador Acir Gurgacz passa a ser fiscal...

28/06/2019 • Justiça

Suspeitos de matar Vitória Gabrielly vão a júri popular

27/06/2019 • Justiça

Ministro do STF proíbe viagem de senador condenado ao Caribe

Envie sua Sugestão

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a www.webcactv.com.br

Netmidia - Soluções Digitais